Histórias
de Impacto

sábado, 01.08.2020

Mateus superou o câncer e pôde ir à escola graças ao GRAACC

Por Laura Guerra

Fotografia: acervo pessoal
Fotografia: acervo pessoal

Mateus Moreno tinha apenas 3 anos quando foi diagnosticado com leucemia. Buscando um hospital de referência, seus pais, Lídia, de 36 anos, e Renan, de 33, decidiram se mudar com o menino de Natal para São Paulo, com o objetivo de fazer o tratamento no GRAACC. "Não tem como mensurar nossa gratidão", comenta a mãe.

O tratamento de Mateus foi desafiador, por conta das reações alérgicas que o menino teve aos diferentes tipos de quimioterapia - apenas a terceira opção foi aceita pelo seu corpo. "Eles não mediram esforços para curar meu filho. Lá, todas as criança são importantes", diz Lídia. No GRAACC a família encontrou um lugar de conforto e acolhimento. "Toda a estrutura é impecável e é um ambiente muito humanizado", revela a mãe.

No GRAACC, Mateus adorava passar seu tempo na Brinquedoteca, montando legos ou assistindo aos shows dos voluntários vestidos de super-heróis. "Era um momento que ele conseguia se distanciar do tratamento", explica Lídia. Foi lá que ele também teve acesso à educação através do Projeto Escola Móvel, onde aprendeu conteúdos de história e inglês, além de realizar atividades para melhorar a coordenação motora. "Por conta disso, ele voltou a estudar e já entrou no prézinho, sem se atrasar na escola", revela a mãe.

Hoje, aos 5 anos, Mateus já está no primeiro ano do Ensino Fundamental e é uma criança com muita energia. "Encerramos um ciclo e quero que esta nova fase seja muito feliz", diz Lídia.

"Eles não mediram esforços para curar meu filho. Lá, todas as criança são importantes!"

Histórias relacionadas

 voltar para impacto